Como ir mais além em termos gráficos com a .NET CF 3.5?

A avaliação da apresentação gráfica nas aplicações é algo sempre subjectivo, mas é uma evidência que numa altura em que a nível das aplicações para desktop os programadores têm neste momento excelentes ferramentas e tecnologias para darem largas à criatividade dos designers, do lado do Windows Mobile as coisas ainda não são bem assim, continando em termos de código managed basicamente restritos ao que a .NET CF expõe.

No entanto, o João Paulo Figueira acabou de me chamar a atenção para este artigo que demonstra como ir com a .NET CF 3.5 bastante mais além em termos de apresentação gráficado que aquilo que habitualmente fazemos:

Building Graphically Advanced Applications with the .NET Compact Framework 3.5
http://expression.microsoft.com/en-us/dd279543.aspx

É claro que vai continuar a sobrar sempre espaço para a subjectividade, mas é inegável o nível do apuro gráfico conseguido com os exemplos do artigo:

Lançamento de livro em Português sobre desenvolvimento para .NET CF & WM 6

O Ricardo Queirós acabou de ver publicado pela FCA o seu livro “Programação para Dispositivos Móveis em Windows Mobile 6 – Curso Completo”, que como o título deixa adivinhar, se destina aqueles que pretendem iniciar ou consolidar os seus conhecimentos de desenvolvimento para a plataforma Windows Mobile. Apesar do título referir explicitamente o Windows Mobile 6, a generalidade dos conteúdos também se aplica a versões anteriores, embora conte com um capítulo exclusivamente dedicado às funcionalidades expostas pelo SDK do Windows Mobile 6.

CAPA[1]

Dos tópicos abordados no livro que já será possível encontrar nas livrarias destacam-se:

  • Introdução ao Windows Mobile
  • Plataforma Microsoft .Net
  • A Minha Primeira Aplicação Mobile
  • Programação Orientada aos Objectos
  • Visual Studio e o Desenho de Interfaces
  • Teste, Debugging e Gestão de Erros
  • Empacotamento, Distribuição e Instalação
  • Persistência de Dados
  • Tópicos Avançados
  • Usando o SDK Windows Mobile 6

A arquitectura MVC aplicada à .NET Compact Framework 3.5

Nestas coisas das teorias sobre a melhor forma de separar as diferentes camadas de uma aplicação, há dois modelos que se destacam, o MVP e o MVC

Com a Mobile Client Software Factory, infelizmente descontinuada, uma das factory disponibilizadas dizia respeito ao modelo CAB, Composite Application Block, que seguia as linhas orientadoras do modelo MVP, mas cuja implementação não conquistou muitos seguidores, dada a elevada dificuldade de implementação e penalização na performance das aplicações que a implementavam.

Do modelo MVC não havia até agora que eu tivesse conhecimento nada dedicado ao assunto que se aplicasse à .NET Compact Framework, até que o Alex Yakhnin se lembrou de criar uma MVC Framework para .NET CF, e publicou uma série de 4 artigos introdutórios à mesma partindo de uma aplicação com funcionalidades de login, pesquisa e apresentação dos detalhes do item seleccionado…

Mobile MVC framework (part 1) – O ecrã de login

Mobile MVC framework (part 2) – O ecrã de pesquisa

Mobile MVC framework (part 3) – idem, mas comunicando com eventos

Mobile MVC framework (part 4) – A apresentação dos detalhes, passando informação entre controladores

…que culminaram com a disponibilização no CodePlex:

Mobile MVC Framework

Chat online sobre desenvolvimento para Windows Mobile a começar…

…dentro de 2 minutos! Desculpem o aviso tardio, a sessão deve durar cerca de uma hora durante a qual se tiverem alguma questão que não se sintam confortáveis a colocar em inglês, poderão colocá-la em Português e eu tentarei encaminhá-la.

Adicionalmente poderão usar os comentários a este post para colocar questões que não tenham visto respondidas na sessão.

O link para o chat é…

www.microsoft.com/communities/chats/chatrooms/msdn.aspx

…e terão como anfitriões funcionários da Microsoft e MVPs.

[Actualização]

Devido a um pormenor na parametrização do chat, o mesmo está a requerer erradamente uma password. Até que o problema seja ultrapassado, o chat não terá lugar e é possível que venha a ser adiado.

Columbus V900 – GPS Logger com capacidade para gravação de tags de voz

Há alguns anos comprei um GPS Bluetooth, o Royaltek RBT3000, que tinha uma característica ímpar, a possibilidade de gravar autonomamente os percursos efectuados de acordo com uma parametrização em termos de tempo ou distância percorrida. Esta caracterísitca permite que nalguns tipos de actividades, como TT ou BTT, não nos preocuparmos em termos de andar com um PDA a gravar o track, pois com um GPS deste tipo podemos recuperá-lo a partir do próprio GPS mais tarde. Adicionalmente para os aficcionados da fotografia, um GPS deste tipo com um software como o GPicSync permitem a posteriori georeferenciar as fotos tiradas, cruzando a hora que foram tiradas com a última posição conhecida naquele momento no GPS.

Nestes anos foram aparecendo novos GPS deste tipo, alguns já com SIRF III, mas um destacava-se por permitir ajustar os respectivos parâmetros de funcionamento a partir do próprio equipamento, passou a estar debaixo de olho, mas eis senão quando surge algo de realmente diferente: um logger bluetooth com uma tecla para marcar waypoints e possibilidade de associação de uma tag de voz ao waypoint!!! Confesso que gostaria de saber como é que isto funcionará antes de comprar um, mas se bem me conheço, acho que vou perder a cabeça…

Columbus V-900

Custa perto de 100usd no BuyGpsNow.