DevDays2009: Done!

Terminou o DevDays, 2 dias ao longo dos quais centenas de programadores tomaram contacto com tecnologias e tendências, assistindo a sessões e praticando HOLs. As – excelentes – instalações do IST revelaram-se ajustadas ao evento, ainda que algumas das salas tivessem uma capacidade algo limitada. O DevDays marcou também o meu regresso e do João Paulo ao local onde há 4 anos, em Fevereiro de 2005, juntos apresentámos um evento que co-preparámos com o Nuno Costa da Microsoft, exclusivamente dedicado ao desenvolvimento para Windows Mobile.

Neste DevDays09, no domínio da mobilidade, para além das minhas 2 sessões, houveram mais duas – uma apresentada pelo João Paulo Figueira e outra pelo Pedro Lamas – às quais assisti, e ainda outra do Noel que decorreu à mesma hora que um das minhas…

Sobre as minhas sessões, depois dos problemas do ano passado no TechDays em que o portátil e os projectores passavam o tempo todo a negociarem a resolução e a amuarem quando não levavam a deles avante, este ano preveni-me desta situação que não sendo da nossa exclusiva responsabilidade, devemos estar atentos à mesma. Assim sendo levei…

  • O Toshiba Tecra S4 que uso desde 2007, e que o ano passdo andava a cantarolar a música da Micaela co o projector, o ‘pisca-pisca’
  • O Toshiba NB100 com Windows 7, um netbook de 1kg que adquiri para evitar ter de andar com os 3kg do Tecra ao ombro
  • Um Virtual PC em Windows 7 com todas as ferramentas necessárias para as demos num disco externo, para usar nos PC da própria sala
  • Uma pen USB com tudo quanto precisava para instalar numa máquina que já tivesse o VS2008 instalado

Logo que chego à sala constato que o PC não consegue abrir a minha VM por causa de uma incompatibilidade ao nível das Virtual Machines Additions. Encostei o disco e a VM, e fiz a primeira apresentação no netbook, que tirando 2 ou 3 demos era mesmo à base de slides. Mais do que fazer uma sessão que pusesse as pessoas aos pulos de contentes, a ideia foi providenciar um conjunto de informação de referência para quem se inicia nas lides do desenvolvimento para Windows Mobile.

À tarde entra o Pedro Lamas em cena para falar no Lob 2008 Accelerator, e rapidamente comçeça o PC dele a implicar com o projector… trocam por um PC de marca diferente e a situação mantêm-se até ao final da sessão.

No dia seguinte – hoje de manhã em jejum pois adormeci – mal chego à sala, ligo o Tecra ao projector, pisca uma vez, pisca 2 vezes, não o deixei piscar a terceira: desliguei o Tecra e passei para o NB100. Com o NB100 o ‘fenómeno’ não ocorre, mas o WMDC recusa-se a colaborar e o Device Emulator bloqueia – juro que tinha tudo funcionado na véspera!!! :D – pelo que demonstro a aplicação do caso prático no Powerpoint e passamos para o código, fazendo a ponte com as funcionalidades expostas pela aplicação que preparei para o efeito. Quem acompanha o blog  terá reparado que mencionei que a aplicação se destinaria a um suposto perito de seguros, mas na noite de 4ª feira da semana passada, ao ver uma famosa série no 2º canal, lembrei-me de fazer uma aplicação para um dos agentes mais famosos do mundo, e preparei alguns materias de video e com – o famoso toque de telemóvel, o contador – mas infelizmente a sala onde decorreu a apresentação não tinha possibilidades de reprodução de som.

Ao final da manhã, o João Paulo Figueira apresenta a sua sessão sobre o tunning do SQL Server Compact em Windows Mobile, mas tem de conter-se e chamar mentalemnte  nomes ao projector que também não ‘colaborou’.

Para terminar este post que estou extenuado…

  • Vou disponibilizar as apresentações e código em breve, eventualmente já em Março dado ter entretanto agendada uma ida à ‘Quinta do Bill’ como gosto de lhe chamar
  • Os PowerPoint vão ser despidos de imagens e referências à tal série na qual me inspirei, por questões de copyright
  • Se têm portáteis com placas gráficas nVidia e Windows Vista – não sei se também se aplica ao W7 – quando tiverem de os ligar a projectores, tenham medo, muito medo, porque as probabilidades de o material vos deixar ficar mal são elevadas. Não sei se o facto dos projectores nestas salas não estarem ligados mesmo directamente aos nossos PC e terem extensões de cabos particularmente compridos influenciará alguma coisa, pois o meu Toshiba com um projector Dell da empresa funciona bem
  • Mantenham-se atentos a este blog e aos do JPF (NativeMobile e MobileSandBox) pois teremos novidade a apresentar em breve que esperamos que sejam do V/ agrado
  • Todos os comentários, críticas e questões serão benvindos

[Actualização sobre o problema do pisca-pisca]

Já o ano passado tinha feito uma pesquisa sobre este assunto na internet, e só encontrei um grande nº de pessoas que tinham sido afectadas pelo mesmo. Dado o padrão e a recorrência com que afecta tanta gente, uma pesquisa num motor de busca há minutos devolveu-me lá pelo meio esta página que descreve exactamente a situação que defrontámos e que apresenta uma solução para a mesma que não tenho oportunidade agora de testar, mas que acredito que, tal como comentei com o Pedro Lamas no Messenger, seja a luz ao fundo do túnel… esperando que a luz não pisque!

http://www.auctioneertech.com/2008/10/vista-external-monitor-flash-and-flicker-problem-solved/

 

2 thoughts on “DevDays2009: Done!”

  1. Pois, infelizmente os programadores já sabem: As coisas functionam sempre bem quando não está ninguém a olhar… Quando estamos a ser observados/julgados… pronto, é a desgraça…

    Todos nós passamos por isso. É que não há volta a dar. O tal senhor Murphy é que sabe!

  2. Esse link com a possivel solução para o problema do “pisca-pisca” passou para os meus favoritos!!!
    Encontro uma certa lógica na solução, mas ainda assim quero ver se a experimento antes de me confrontar com uma situação de apresentação pública como no DevDays!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>