Windows Intune: Parte 01 – System Center Online

O Windows Intune (Intune) é a mais nova solução da Microsoft oferecida através do Windows Cloud Services, e nesta série de artigos eu pretendo explorar um pouco cada uma das funcionalidades do Intune, mostrando para vocês do que ele é capaz. Desde que comecei a trabalhar com o Intune, na época de seu desenvolvimento, muitas coisas mudaram até aqui, começando pelo nome, que antes era chamado apenas por System Center Online Desktop Manager, até a adição de novas funcionalidades e método de funcionamento. Eu particularmente gosto muito quando um produto leva em seu nome um System Center, mas neste caso Intune ficou mais SMART e receptível.


 


·         O que faz o Intune? Ele entrega gerenciamento e segurança baseados na nuvem, funcionalidades que são administradas através de uma simples console web, possibilitando a sua TI gerenciar computadores através de qualquer lugar.


 


·         Quem deve usar o Intune? Empresas sem alguma infraestrutura de gerenciamento (como o SCCM, por exemplo), empresas com funcionários que trabalham de forma móvel e distribuída, pois o Intune garante uma melhor proteção e conformidade ao mesmo tempo em que mantém a produtividade de cada usuário.


 


A Microsoft tem planos de oferecer o Windows Intune de forma comercial já em 2011, mas por enquanto está oferecendo o Beta 2, para algumas empresas residentes no Canadá, France, Alemanha, Irlanda, Itália, México, Porto Rico, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Atualmente esta fase Beta esta fechada para apenas 10.000 empresas, caso a sua se enquadre nesta situação basta acessar o site e se inscrever.


 


Inicialmente o Intune é destinado a empresas de pequeno e médio porte, algo entre 25 e 500 computadores, mas durante esta fase Beta o Intune poderá gerenciar apenas 25 computadores do seu ambiente, para testar o produto mesmo. Porém com o início de sua comercialização o Windows Intune não possuirá um número máximo de computadores, até então, definido pela Microsoft, isso será muito bom para empresas de qualquer tamanho e, é claro, para prestadores de serviços também, mediante a assinatura do Microsoft Online Services Partner Agreement (MOSPA). Estima-se que cada licença do Intune custará em torno de 11 dólares por computador/mês, podendo ser adquirida através de algum parceiro Microsoft ou dos programas de licenciamento Microsoft Enterprise Agreement (EA) e Campus Agreement and School Agreement (CASA). A assinatura do Intune será anual, mas o pagamento será mensal, haverá possibilidades de desconto no valor para compras acima de 250 licenças e para empresas que já possuem um contrato de Software Assurance (SA).


 


E ainda, um dos maiores benefícios de adquirir o Windows Intune, além do gerenciamento centralizado, é que a empresa terá o direito de atualizar o Windows de cada computador gerenciado pelo Intune para o Windows 7 Enterprise (desde que o computador tenha capacidade física para o Windows 7), isso mesmo, este benefício já virá incluído no pacote, e estará ativo enquanto a empresa mantiver a licença do Intune, ou seja, atualização (ou downgrade) permitida até para as futuras versões do Windows. Mas que fique bem claro, o Windows Intune não realiza a distribuição de sistemas operacionais, apenas permite de forma legal a atualização do Windows em computadores gerenciados com ele. Para realizarmos a atualização de sistemas operacionais temos algumas tecnologias da Microsoft, como o System Center Configuration Manager (SCCM) e até o Microsoft Deployment Toolkit (MDT).


 


Para o próximo artigo vamos entender um pouco mais sobre algumas questões pertinentes aos Windows Intune e seu funcionamento, e em breve teremos uma abordagem mais técnica sobre o produto.


 


Obrigado pela leitura e até a próxima publicação,


Abraços.


 


Cleber Marques


Microsoft MVP & MCT | Charter Member: SCVMM & MDOP
Projeto MOF Brasil: Simplificando o Gerenciamento de Serviços de TI
Meu Blog | MOF.com.br | CleberMarques.com | CanalSystemCenter.com.br

This entry was posted in 13419, 13420, 14605. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>