Medindo a utilização de recursos das máquinas virtuais com o Resource Metering

O Windows Server 2012 Hyper-V oferece vários recursos novos e melhorias que vão ajudar muito no gerenciamento de ambientes virtuais.

Um deles é o Resource Metering. Com ele é possível monitorar os recursos que as VMs estão utilizando como memória, CPU, disco e rede.

O Resource Metering pode ser usados em cenários diferentes como ambientes de nuvem privada onde empresa hosts precisam cobrar os clientes com base na utilização dos recursos ou simplesmente para planejamento de capacidade do seu ambiente virtual.

Por padrão o Resource Metering é desabilitado. Para habilitá-lo, execute o seguinte comando do PowerShell no sistema host:

Enable-VMResourceMetering –VMName VM01

Você também pode habilitá-lo para todas as suas VMs com o commando:

Enable-VMResourceMetering –VMName *

Depois de habilitado, você já pode começar a medir os recursos das VMs usando o comando Measure-VM, conforme figura abaixo:

Measure-VM –VMName VM01

clip_image002

Measure-VM –VMName VM01 | Format-List

clip_image004

(Measure-VM –VMName VM01).NetworkMeteredTrafficReport

clip_image006

Para zerar os contadores do Resource Metering, use o seguinte comando:

Reset-VMResourceMetering –VMName VM01

Para desabilitá-lo, execute este comando:

Disable-VMResourceMetering –VMName VM01

Para mais informações sobre o Windows Server 2012, acesse:http://clk.atdmt.com/MBL/go/425207668/direct/01/

Leandro Carvalho
Certified Ethical Hacker | MCSA+S+M| MCSE+S | MCTS | MCITP | MCBMSS | MCT | MVP Virtual Machine
My Blog | MSVirtualization (pt-BR) | Technet Wiki Articles | MVP Profile
Twitter: LeandroEduardo | LinkedIn: Leandroesc

                                                                                                      clip_image007

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>