Celular à prova d’água?

Nessa eu só acredito porque foi comigo mesmo.


Estava falando ao celular onde não devia (normal, [:D]), predendo ele entre a orelha e o ombro. Aí concluí a ligação e fui pegar ele com a mão. Não é que o maldito escapa da minha mãe e mergulha na privada?? Pois é, se não fosse uma cane trágico seria cômica, ver ele afundando enquanto aparecia na tela “Chamada finalizada”.


Naturalmente, mergulhei a mão e resgatei o mergulhador. Removi a bateria, busquei um secador de cabelos e sequei o que deu.


Removi o chip e o cartão de memória. Depois deixei ele sem bateria por 24 horas. Notei que o vidro da câmera e da tela estavam embaçados, indicando haver água dentro.


Comprei uma chave philips nº 0, e desmontei ele inteiro. Sabem que é bem mais simples do que notebook? Pois é, julgava que fosse mais complexo, em função da miniaturização…


Sequei ele novamente com o secador, mas desta vez com atenção a cada componente e o montei denovo (ainda bem que não sobraram parafusos… [:D]).


Ainda com algum receio recoloquei o chip e o cartão de memória. Liguei o telefone. Ele iniciou e travou. Desliguei e liguei denovo.


Ligou, demorou umas 5 vezes o tempo normal, mas ligou. Digite a senha de segurança e uns 2 segundos depois ouvi: “You have mail”!


Sim, ele havia acabado de sincronizar com o meu Exchange e estava funcionando perfeitamente!


Aqui está o primeiro caso de um Samsung BlackJack à prova d’água! [:P]

2 thoughts on “Celular à prova d’água?”

  1. Tá achando isso estranho?

    Já ouviu falar em ressucitar um PenDrive através de um curto circuito proposital? :D

    Pois é, foi assim que consegui recuperar os dados do meu PenDrive Sandisk.

    Um abraço.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>