Parâmetros de linha de comando na conexão remota

Você que está acostumado a usar conexões remotas, sabia que pode usar alguns parâmetros de linha de comando nela?

Não, pois aqui vou falar sobre eles.

Para começar, você sabia que a partir do Windows 7 pode iniciar uma conexão remota a partir da caixa de pesquisa, da caixa de diálogo executar ou da linha comando?

Pois é, justamente nestes casos é que fica ainda mais interessante conhecer estes parâmetros, ainda que eles continuem válidos para quem inicia a conexão remota sempre a partir do menu iniciar. Adicionalmente o uso indevido deles pode causar resultados indesejados, se não soubermos usá-los de forma correta.

Mas, passemos aos parâmetros:

A forma que julgo mais prática para usá-los é a seguinte:

  1. Clique no botão Iniciar Picture of the Start button, então selecione Todos os Programas, aponte para Acessórios e então clique em Executar;

    • Ok, tem uma forma mais fácil de fazer isso. Clique na tecla do Windows Picture of the Start button e sem soltá-la pressione a tecla R

  2. Na caixa de diálogo Abrir, digite mstsc.

Portanto a forma de escrever (sintaxe) o comando, com os parâmetros, é a seguinte:

mstsc [<arquivo de conexão>] [/v:<servidor[:porta]>] [/admin] [/f[de fullscreen]] [/w:<largura>] [/h:<altura>] [/public] | [/span] [/edit "arquivo de conexão"] [/migrate] [/?]

 

/v:servidor:1111 Especifica a qual computador remoto desejamos nos conectar e indica a porta que deve ser usada para isto. Neste exemplo, a porta 1111.
/admin Como o nome sugeri, este parâmetro é usado por administradores remotos.
Se a funcionalidade de gerenciador de conexões remotas estiver ativa, após o comando mstsc /admin, ocorrerá o seguinte (para a conexão realizada com o uso do parâmetro):
– Desabilita o serviço de licenciamento de clientes de conexão remota;
- Desabilita o redirecionamento de fuso horário;
- Desabilita o redirecionamento do RD Connection Broker;
- Desabilita o Easy Print da conexão remota.
Caso o servidor seja um Windows Server 2008 R2, ainda teremos os seguintes resultados.
- Desabilita o redirecionamento de dispositivos Plug & Play;
- Altera o tema da área de trabalho para o Windows Classic.
/f Inicia a conexão remota no modo de tela cheia
/w:1024 Especifica a largura da janela para  a conexão remota. Neste exemplo, 1024 pixels.
/h:768 Especifica a altura da janela para  a conexão remota. Neste exemplo, 768 pixels.
/public Executa a área de trabalho remota no modo público.
/span Iguala a largura e alturas da área remota com o desktop virtual local, distribuindo entre múltiplos monitores, se necessário. Para que seja possível distribuir entre múltiplos monitores, é necessário que eles estejam dispostos como um retângulo.
/multimon Configura o layout da sessão remota para ser idêntico à configuração do computador cliente.
/edit “arquivo de conexão” Abre para edição, o arquivo de conexão (.rdp), especificado entre as aspas.
/restrictedAdmin Conecta-se no modo de administração remota restrita. Nesse modo, as credenciais não serão enviadas ao computador ou servidor remoto, o que pode protegê-lo caso esteja se conectando a um computador comprometido. Adicionalmente, este procedimento pode afetar a funcionalidade de aplicativos e a compatibilidade. Precisa ser usado em conjunto com /admin.
/migrate Migra os arquivos de conexão antigos, criados com o Connection Manager de computadores clientes, para os novos arquivos .rdp.
/prompt Solicita as credenciais apenas após a conexão ser estabelecida.
/shadow:junior Especifica que deseja espelhar a sessão chamada junior.
/control Permite o controle da sessão remota.
/noConsentPrompt Permite que uma sessão seja espelhada, sem que seja solicitado o consentimento do outro usuário.
/? Lista estes parâmetros

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>