Significado do MAC Address

Você já se perguntou qual a importância do MAC (Media Access Control) de seu equipamento? Já notou que qualquer dispositivo de rede possui um MAC Address (Endereço MAC)?

Pois é, vamos entender o funcionamento dele então. Digamos que você deseja enviar dados para um computador específico, ou receber dados dele, como por exemplo, desejo acessar a um site de internet que esteja hospedado nele.

Você simplesmente digita o URL (Uniform Resource Locator, alguns chamam de Universal Resource Locator, de forma que tornaram-se quase sinônimos), que nada mais é do o endereço do site (ex.: http://www.ositedesejado.com.br).

Então o seu servidor DNS (Domain Name Service), que é o responsável por converter o URL digitado por você, no endereço IP (Internet Protocol, o padrão de comunicação na internet) da máquina destino.

Aqui é importante destacar que em redes de computadores, costumam existir dois endereços IP: o externo, também conhecido por IP Público, que é aquele acessível e possível de ser descoberto pelos servidores DNS e o IP interno, que é válido apenas na rede interna.

Agora imagine que a mensagem é destinada a um equipamento na rede interna. Se eu possuo apenas o IP externo, como faço para chegar até ele? É neste caso que utilizo o endereço MAC da placa de comunicação do equipamento interno, portanto os meus pacotes são enviados contendo o endereço IP do destinatário (que pode ser o próprio equipamento, um roteador, servidor, etc) e o MAC Address do equipamento para o qual a mensagem destina-se.

Ok, mas então como sei o endereço MAC da máquina para a qual desejo enviar a mensagem, por exemplo enviar os dados da página que ela deseja acessar? Na requisição pela página, ou seja, quando eu digitei o URL dela, seguiu no meu pacote de dados, meu endereço IP externo e o meu MAC, desta forma o site já sabe como enviar o pacote de volta.

Certo, mas e se eu desconheço o MAC de meu destinatário? Neste caso você precisará aguardar um post futuro, pois não abordarei este cenário aqui, Smiley triste.

Maravilha, chegamos ao MAC, aquele conjunto de 48 bits, ou 12 caracteres hexadecimais. Mas afinal de contas, o que eles representam?

Os primeiros 24 bits, ou seja, os primeiros 6 caracteres hexadecimais, indicam a OUI (Organization Unique Identifier), em outras palavras, o fabricante de seu dispositivo. Por exemplo: 00:60:2F = Cisco ou 00:23:CD = TP Link.

Os 24 bits finais, ou seja, os 6 últimos caracteres indicam o que foi atribuído àquela placa específica, pelo seu fabricante, são o verdadeiro MAC exclusivo daquela placa, a parte única do seu NIC (Network Interface Card). É exatamente por isso que você pode encontrar diversos dispositivos com os seus primeiros caracteres iguais. Basta que tenham sido fabricados pela mesma empresa.

Adicionalmente, em comunicações, depois de enviar o MAC do remetente e o MAC do destinatário, é enviado mais um conjunto de quatro caracteres, indicando o protocolo usado (Ether Type), que atualmente pode ser IPv4 ou IPv6. Para IPv4 usamos 08:00, enquanto que para IPv6 usamos 86:DD.

Um exemplo de MAC reader então seria:

80:00:20:7A:3F:3G 80:00:20:20:3A:AF 08:00 Seguido dos dados e do CRC Checksum.

No Brasil, alguns provedores de internet estão bloqueando o acesso de quem utiliza roteadores conectados diretamente aos seus modems, com o intuito de cobrarem um adicional por este uso. Como eles conseguem identificar estes roteadores? Através do endereço MAC deles!

Você deseja identificar o fabricante de um equipamento a partir do endereço MAC dele? Simplesmente informe o MAC em: http://coffer.com/mac_find/

Como posso evitar esta identificação indesejada? Simplesmente clonando o MAC de seu computador, no roteador.

Sim, esta é uma solução simples, até simplória para este problema, mas na maioria dos casos funciona!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>